A crescente competitividade no mundo dos negócios torna o tempo das pessoas um dos bens mais cobiçados na atualidade. Muitos executivos olham para seus relógios em uma reunião como se estivessem olhando para um “taxímetro”. Diante dessa constatação, devemos entender que, o primeiro desafio a ser conquistado quando se quer apresentar um projeto a alguém, não é o de convencer o ouvinte acerca da sua ideia e sim, conseguir a oportunidade de ser recebido para poder fazer a apresentação.

Ao conseguir marcar uma reunião para apresentar a sua ideia, você precisa estar consciente de como a reunião foi agendada para poder traçar a sua estratégia de abordagem de forma mais eficaz. Vou exemplificar basicamente três motivos pelos quais você poderia ser recebido e sugerir estratégias de abordagens.

1. Há interesse prévio no que você tem a oferecer.

É o melhor dos mundos! Em casos assim você precisa se concentrar em apresentar a solução desejada pela plateia. Possivelmente eles praticamente já “compraram” o seu projeto e só estão se certificando de que não farão um mau negócio. Capriche na aparência, apresente soluções e cuidado para não falar demais, investir muito tempo se apresentando ou apresentando a sua empresa costuma ser desnecessário, por exemplo, afinal, se você foi chamado é porque possivelmente levantaram informações a seu respeito, produto e ou empresa, na internet.

2. Alguém serviu de “ponte” para que você fosse recebido.

Tudo depende de quem e como você foi indicado. Pode não ser tão fácil fechar o negócio como no caso anterior, mas ao menos existe uma grande chance de você ser ouvido, o que é fundamental.

Quando você é indicado por uma pessoa da própria empresa (a qual você quer apresentar) que tenha prestígio e credibilidade, as portas se abrem mais facilmente. Geralmente com um telefonema ou e-mail a reunião é marcada.

Às vezes você é apresentado ou indicado via e-mail. Nesses casos, sua primeira abordagem deverá ser também por e-mail. Agradeça ao interlocutor e se apresente. Se possível tente agendar a reunião pelo próprio e-mail. Seria mais interessante ainda se pudesse dar uma prévia (por e-mail) do projeto abordando somente os benefícios que o mesmo poderá proporcionar a quem (empresa) irá recebê-lo. No dia da apresentação, invista em conquistar a plateia e apresente seu projeto de forma objetiva. Não é de bom tom reforçar o nome de quem o indicou, algumas pessoas podem se sentir intimidadas, pois podem achar que você está utilizando da influência  – de quem o indicou –  como uma ameaça. Acredite, pode ser um grande tiro no pé!

3. Alguém com poder “sugeriu” que o recebesse.

Certamente é a situação mais desconfortável e difícil se comparada às apresentadas anteriormente. Mais uma vez, dependendo de quem e como foi indicado, você está praticamente com o jogo perdido. Por exemplo, alguém odiado, mas com influência na empresa sugere que o receba. Imagine a “boa vontade” com a qual será recebido? Em situações assim, será mais difícil, mas não impossível, as pessoas se disponibilizarem a ouvir o que você tem a dizer.  Invista muito em conquistar a simpatia da(s) pessoa(s) que irá(ão) recebê-lo. Evite se referir sobre quem o indicou o foque toda a sua argumentação nos benefícios que o seu projeto poderá proporcionar a empresa ou pessoas que o estão recebendo.

Mensagem final: levar em consideração como e por quem será recebido é o primeiro passo para elaborar uma boa estratégia de abordagem. Lembre-se disso ao marcar a sua apresentação!

 

Conseguiu marcar a reunião. E agora? O que fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *